Como montar um aquário de peixes e plantas sem gastar muito

A primeira coisa que você precisa saber para montar um aquário completo e equilibrado é que o aquário é um ecossistema de verdade, é um pequeno pedaço da natureza em um pequeno espaço.

Então tudo precisa estar em harmonia e cada decisão precisa ser simbiótica com o todo, ou seja, tudo precisa estar ligado e dependente.

A última coisa a entender é que tudo trará uma causa e efeito.

O tamanho do aquário estabelecerá quantos peixes você poderá ter e de cada espécie de peixe, por seu tamanho, limitará também a quantidade.

Por exemplo, para se ter Acará Disco em um aquário de 90 litros não é recomendado ter mais que 5 peixes. Se for da espécie Neon você poderá ter dezenas deles, 50 talvez.

Outra coisa é que dependendo da espécie escolhida você não terá plantas, por exemplo os peixes do tipo Japonês – Kinguio, ou Carpa, comem todas as plantas em poucos dias. Sim, você pode até repor, mas vai se cansar disso. É recomendável não ter plantas naturais.

Eu fiz uma escolha para ter um aquário bem completo e equilibrado.

Então decidi ter algumas espécies diferentes, mas tomei cuidado para não colocar espécies que poderiam entrar em conflito. Alguns brigam até a morte.

O primeiro passo foi assim:

Um aquário de 90 litros.

Nele coloquei inicialmente apenas Lebisters.

Mal haviam plantas, fiz questão de colocar só um joguinho de cada, que comprei em loja de peixes. Não gastei com plantas nem R$ 10,00.

Lebister é um peixe fácil de lidar, se reproduzem continuamente e o aquário está sempre cheio e em movimento.

Optei por 2 formas de filtragem.

Uma foi usar o filtro externo, um Atman HF 600. Simplesmente fantástico.

Ele drena água da superfície e do fundo simultaneamente, mantendo a água realmente limpa.

A outra forma foi um bomba tipo FBF (filtro biológico de fundo), bem barato, essa bomba usa placas que ficam sob as pedras, drenando a água pelas pedras, sobe até a bomba e libera a água sem detritos com algumas bolhas de oxigênio.

Esse filtro tipo FBF chupa a sujeira (resto de alimentos, fezes e outros) para dentro das pedras, isso cria uma camada que alimenta as plantas, além de criar uma corrente contínua de água limpa para as raízes das plantas.

As lâmpadas eu dei preferência para as de LED de 20W que iluminam muito bem e não criam o calor que uma lâmpada normal produz. Coloquei 2 delas, uma de cada lado. Paguei 3 dólares em cada, no Ebay.

Um pequeno toquinho de madeira foi inserido para um charme inicial.

Em poucas semanas, entre 6 e 10 semanas, o aquário evoluiu muito bem, ficando assim:

As pedras tinham musgo natural e a água esta com Ph adequado, então pude introduzir alguns peixes como o Neon e 2 Limpa-Vidro, para ajudarem na manutenção dos vidros.

Como as pedras já estavam parecendo sujas… chegou a hora do famoso Cascudo entrar em ação:

Nessa foto era um filhotinho faminto e voraz. Limpou o toco em 2 dias e partiu para as pedras.

Mas é um grande engano achar que esse bichinho vive apenas da sujeira e musgo. O que come o Cascudo? Ração, é a ração própria para peixes de fundo! Sim, ele precisa de nutrientes para viver longos anos, podendo chegar a 15 anos e 30 cm. É quase um monstrinho.

Na foto ele tinha uns 5cm e hoje tem 18cm aproximadamente.

Junto coloquei mais espécies, como um casal de Colisa, Paulistinhas e Plati. Todos se adaptaram instantaneamente.

Isso tudo aconteceu em 90 dias.

O aquário tinha vida própria já, eu nunca mais limpei os vidros, apenas um Cascudo e 2 Limpa-Vidro dão conta do recado facilmente.

Mas aí… começam as causas e efeitos.

A água perde suas propriedades e ganha detritos em excesso.

As pedras acumulam muita sujeira por baixo.

A água deve ser trocada parcialmente a cada 30 ou 60 dias. Eu troco 2/3 da água do aquário a cada 40 ou 45 dias. Isso renova muito o ânimo deles. Quando o aquário está com 1/3 da água eu fico colocando e tirando água para reciclar aqueles 1/3 e depois encher novamente com água filtrada. Sim, eu filtro 100 litros de água para a limpeza.

Para as pedras a limpeza ideal é usar o método de sifonagem. Ele agita as pedras enquanto drena a água suja para fora.

Custa barato, em torno de R$ 25,00, é prático, simples e dá um ótimo resultado em poucos minutos de seu tempo.

A bomba FBF basta lavar e está nova.

O filtro externo eu tiro inteiro, limpo cada parte e substituo o sistema de filtragem, trocando a manta acrílica e o carvão ativo.

Coloquei uma espuma própria para reter detritos maiores como pedaços de plantas, para não prejudicar o desempenho da manta acrílica.

Então a água tem que passar por uma espuma que retem detritos maiores, depois é filtrada pela manta acrílica e ao final tem que passar pelo carvão ativo que faz uma importante operação.

O carvão ativado é a única coisa que conheço que realmente limpa grande parte do Tanino.

Aquários com troncos, tocos e madeira tem um problema peculiar que é a criação de Tanino.

São pequenos microorganismos que nascem na madeira e deixam a água amarelada, parecendo um chá.

Eu uso 250g de carvão ativado no filtro externo, isso retarda a proliferação do Tanino e mantém a água limpa por semanas. A substituição do carvão é recomendada a cada 30 dias, mas eu faço isso a cada 60 dias, dá muito certo.

Posso fazer maior detalhamento disso tudo com filmagens, se houver interesse.

Deixem seus recados logo mais abaixo para conversarmos.

E hoje meu aquário está assim:

Referência: Como montar um aquário de peixes e plantas sem gastar muito

Social tagging: > > > > > > > > > > > > > > > > >

2 Responses to Como montar um aquário de peixes e plantas sem gastar muito

  1. Pedro Lopes disse:

    Aquários são uma das minhas paixões. Além de plantas, adoro peixes, e suas dicas bem detalhadas são de extremo valor pra quem está querendo ter um destes tesouros em casa, como costumo chamá-los. Parabéns pelo artigo e pelo zelo com as informações.

Deixe uma resposta

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Avaliação feita com base nos votos dados pelo retorno de nossos anunciantes patrocinadores.
Criação de sites em Rio Preto com Divulgação do Site no Google e completo serviço em foto, vídeo, SEO, website entre outros.
Classifica como 4,9/5 Com Base em 21.349 Usuários
De R$1000.00 à R$8000.00 1450